Agradecimentos                    

 

Um trabalho desta natureza e com as características que aqui apresento, só foi possível preparar e executar com a colaboração de várias pessoas e instituições, pelo que expresso aqui os meus agradecimentos, nomeadamente:

Em primeiro lugar ao meu orientador, o Professor Doutor Carlos Nogueira Fino, pela compreensão, paciência, e forma disponível com que sempre acompanhou o andamento deste trabalho, facultando preciosas ajudas;

À Universidade da Madeira, e ao CITMA pelo apoio;

À Professora Doutora Jesus Maria Sousa, Presidente do Departamento de Ciências de Educação da Universidade da Madeira, por todo o apoio demonstrado na viabilização do meu trabalho;

À Secretaria Regional de Educação, nomeadamente ao Dr. Eduardo Magalhães, pela disponibilidade, e colaboração com algum equipamento informático para a sala;

À Professora Helena Camacho, por todo o apoio prestado durante o trabalho de campo, na reflexão e na revisão da tese;

Aos alunos do 4º A, pelo acolhimento e pela partilha das suas vivências ao longo de dezoito meses;

À Directora Dr.ª Fátima Freitas e aos colegas da Escola do EB1/PE do Ciclo do Tanque Santo António, pelo apoio concedido;

Aos meus colegas e amigos Ana França e R. Kot-Kotecki, pelo acompanhamento e reflexão deste trabalho;

À Dr.ª Gilberta Camacho pela colaboração no equipamento informático da sala de aula;

Ao Dr. Sérgio Niza, pela disponibilidade demonstrada;

Às minhas amigas e colegas do Departamento de Ciências da Educação, Conceição Sousa e Guida Mendes, pelo apoio dado;

Aos colegas do Departamento de Ciências da Educação, no apoio demonstrado, nomeadamente ao Nuno Fraga, pela transcrição de parte do trabalho etnográfico;

À minha irmã Luísa Pardal, por toda a ajuda prestada;

Ao meu amigo Ricardo Alves e aos pais, pela excelente oportunidade concedida de recolhimento no Porto Santo;

Ao Nelson Gama e aos meus amigos, pelo apoio dado.

À memória do Sr. Mário Freitas, funcionário vigilante da Escola EB1/PE do Tanque Santo António, pela sua plena disponibilidade e colaboração aos fins-de-semana, na passagem do sinal da internet da sala de informática para a sala de aula do 3º / 4º A.

......................................................................................

 

Resumo

 

Este estudo tem como objectivo descrever e interpretar a cultura emergente na sala de aula do 4º Ano de Escolaridade, no momento em que os alunos a professora e eu como investigador nos envolvemos em tarefas relacionadas com Weblogs. Deste modo, o uso desta tecnologia, no contexto pedagógico, desencadeia um conjunto de repercussões no status quo vigente, sendo possível:

- A observação e análise do processo de apropriação dos Weblogs pelos alunos;

- A análise dos artefactos resultantes dessa acção, e as implicações na construção social das aprendizagens;

- A descrição dos papéis assumidos pelos actores envolvidos durante essa acção.

Nesta investigação utilizo uma metodologia etnográfica, para explanação e con­fronto de subjectividades. Descrevo a realidade centrando-me primeiro na professora da sala e depois, dou a voz aos alunos, à medida que me deparo com um novo espaço de liberdade virtual, entretanto criado.

O carácter inovador do projecto reside no facto deste discutir o momento a partir do qual os alunos, utilizando um espaço e um tempo para manusear as ferramentas tecnológicas, desenvolvem acções que não têm a ver directamente com o currículo, e que o amplia.

O Weblog ou blog surge da vontade da professora, do interesse manifesto dos alunos quando utilizam a tecnologia disponível na sala de aula, do apoio do investigador e da comunidade escolar. Afirma-se com espaço de comunicação entre a escola e o mundo, criado e mantido pelos alunos, num claro desafio ao currículo, ampliando o espaço de actuação da escola.

Palavras-chave: Aprendizagem, Weblogs, Cultura Escolar, Etnografia.

 

.........................................................................................

Sendo assim o seu enquadramento teórico assenta em três grandes blocos temáticos

- Cultura e Escola 

- Aprendizagem e Tecnologia

- Weblogs, Identidade autoria e  o contexto educativo